Cantor do mês de julho – Ato Libertário

Com uma sonoridade cada vez mais original fruto da fusão entre o Nyahbing e o Dub proporcionando o dialogo entre o Blues e o Maracatu, a banda Ato Libertário formada no inicio de 2011 na cidade de Aracaju/SE vem consolidando seu nome no cenário musical se destacando pela autenticidade de seus arranjos fincados no Reggae de Raiz jamaicano aberto as influencias da nossa riquíssima musica brasileira com uma pitada de improvisação tornando cada apresentação um momento único para o publico.

Em 2012 a banda lançou seu primeiro disco de forma totalmente independente intitulado “PRA QUEM VIVE“. O álbum foi mixado por Max Nascimento e contou com a participação especial de Luiz de Assis da banda Vibrações, esse trabalho foi fundamental para dar visibilidade a banda que a cada apresentação foi cativando seu publico cada vez mais e abrindo portas para eventos maiores como o Projeto verão 2012 e o Verão Sergipe 2013 em que dividiu o palco com Gilberto Gil.

Após dois anos do lançamento do primeiro disco a banda acaba de lançar o seu segundo trabalho intitulado “LENHA NA FOGUEIRA” também mixado por Max Nascimento e conta com as participações do Poeta Mauri de Noronha, Thiago Ruas e VJ Rasta. Em 2014 a banda começou uma nova fase rompendo fronteiras, levando seu som para outros estados do nordeste como Ceará, Rio Grande do Norte e Alagoas, obtendo uma boa aceitação por parte do publico além de cidades do interior de Sergipe.

Com mensagens de alerta, transformação cultural e revolução espiritual a banda Ato Libertário segue seu caminho fazendo da musica seu veiculo de transmissão de ideias frente as ilusões impostas pela grande mídia, unindo musicalidade e informação em letras e arranjos que expressam da forma mais verdadeira a real essência do grupo.