Novos Procuradores recebem identidade funcional da PGE/SE

Imagem 144

Na manhã dessa terça-feira, 29, os novos procuradores, Laís Nunes de Oliveira, Fernando Costa Santos Bezerra, André Borges Coelho de Miranda Freire, Maria Tereza Targino Hora e Alexandre Augusto Rocha Soares, receberam das mãos da Procuradora-Geral do Estado. Maria Aparecida Gama, as suas identidades funcionais.

A entrega foi feita numa reunião com a presença da mesa diretora da PGE, o subprocurador-geral, Guilherme Almeida, o corregedor-geral, Samuel Alves, o procurador assistente, Vinícius Oliveira além do procurador-chefe do contencioso do Servidor, Vladimir Macêdo.

Durante a reunião os participantes conversaram sobre a adaptação dos novos procuradores ao trabalho na PGE e comemoraram a chegada de novos servidores para completar o quadro de profissionais no órgão.

A procuradora-geral, Maria Aparecida Gama, salientou a chegada dos novos servidores que estão integrando o corpo de profissionais da Advocacia-Geral de Sergipe. “Hoje foi um dia muito importante, tanto para PGE quanto para os novos procuradores que receberam suas carteiras e que já estão se sentindo integrantes completamente registrados na Procuradoria”, comentou.

Aparecida Gama ainda declarou está satisfeita com a conquista dos novos servidores para integrar a equipe de procuradores sergipanos. “Graças a Deus estamos com os novos procuradores e o nosso quadro hoje está mais completo, o que vai auxiliar na melhor execução dos nossos serviços”, concluiu.

O procurador recém-empossado Alexandre Augusto Rocha Soares falou sobre o momento. “Foi uma grande honra receber a identidade funcional da Procuradora-Geral, ao lado dos novos ingressantes na carreira. A cada dia que passa tenho o sentimento de que fiz a escolha certa. Agradeço, em especial, ao Corregedor e ao Subprocurador, Dr. Samuel e Dr. Guilherme, respectivamente, que nos receberam muito bem desde o primeiro dia na PGE. A presença deles no evento foi muito significativa para todos nós”, esclareceu.

Ele comentou ainda: “A identidade funcional é bastante elegante, condizente com a dignidade do cargo e reforça ainda mais o sentimento de orgulho em pertencer aos quadros da PGE-SE. É um marco simbólico importante dessa nossa caminhada, que está apenas começando”.