Procuradoria-Geral do Estado visita as depedências do Ciosp

Na última segunda-feira, 30, Procuradores do Estado de Sergipe visitaram as dependências do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp – 190). O principal intuito da visita foi conhecer e integrar as ações da Procuradoria com a central de atendimento emergencial.

 

O procurador assistente da mesa diretora da PGE, Vinícius Thiago Oliveira afirmou que a visita ao Ciosp foi uma forma de aproximar os gestores e os servidores, o que auxilia na celeridade do serviço. “É bom para podermos ver, com clareza, as necessidades existentes,  o que precisa ser comprado, licitado, ou seja, as demandas da sociedade.”

 

O Coronel Willian Nascimento, Diretor do Ciosp, explicou que muitas vezes a sociedade e os próprios gestores desconhecem o real trabalho do Ciosp. “É muito importante apresentar isso para os Procuradores, que percebem que o trabalho daqui não é somente atender telefone, mas estar ao lado do cidadão em situações de emergência”, completou.

 

O diretor do Centro afirmou também que percebeu a necessidade de atualizar a fraseologia com a qual a pessoa que ligava para o 190 era atendida. Ela foi alterada para “Emergência, em que posso ajudar?”. “Isso diminui o tempo de resposta entre o recebimento da chamada e a chegada da polícia ao local do fato”, explicou o Coronel.

 

Serviço do Ciosp

 

O Centro Integrado em Segurança Pública é uma unidade da Secretaria de Segurança Pública para onde as pessoas ligam, por meio do 190,  em casos de emergências para o acionamento da Polícia Militar e 193 para Corpo de Bombeiros, que se desloca imediatamente ao local da ocorrência. Além do serviço de atendimento telefônico, existe o sistema CFTv de monitoramento de câmeras, em que o próprio servidor, ao perceber ações suspeitas, liga para o Ciosp e registra a ocorrência para o acionamento de uma viatura da Polícia Militar, que fará a abordagem e coibirá eventuais ações delituosas.

 

Todas as ocorrências, sem exceções, são registradas e monitoradas em tempo real da base do Centro. Durante a ligação,  há um sistema que redireciona a chamada para o batalhão mais próximo à qual está ocorrendo o fato, o que otimiza o atendimento à população e evita o deslocamento de viaturas para locais distantes de suas bases.

 

* Com informações da SSP/SE