Nesta quarta-feira (16), o presidente do grupo Vulcabras/Azaleia, Pedro Grendene Bartelle, foi recebido pelo governador Belivaldo Chagas, no Palácio dos Despachos. O governo de Sergipe tem como objetivo manter um diálogo aberto com as indústrias e empresários que escolheram Sergipe, e desta forma, o governador recebeu o grupo Vulcabras/Azaleia, para avaliar a possibilidade de ampliação dos investimentos da fábrica no estado. Atualmente, o grupo tem sede regional no município de Frei Paulo e possui 984 funcionários diretos, que atuam na montagem de calçados.

“Para nós, é extremamente interessante que empresas como a Azaleia venham e se mantenham por muito tempo em nosso estado. Faremos os estudos necessários para favorecer esse aumento da cadeia produtiva, visto que, a presença deles de forma ampliada gera mais empregos, o que importa muito para nós. Não mediremos esforços para encontrar o melhor caminho”, destacou o governador.

Atualmente, o grupo Vulcabras/Azaleia atua com mais de 15 mil colaboradores, distribuídos nas três unidades produtivas, além da unidade em Sergipe, as localizadas nas cidades de Horizonte/CE e Itapetinga/BA. Em todo o País, são mais de 12 mil pontos de venda além de estar presente em mais de 20 países, com uma atuação mais forte na América Latina e as lojas online da Olympikus e da Azaleia para o mercado brasileiro. Segundo o presidente do grupo, havendo a possibilidade de ampliação da atuação na unidade em Sergipe, e um mercado favorável, haverá um crescimento e fortalecimento da empresa.

“Nossa intenção é consolidar o que nós já temos e ter segurança para continuar trabalhando. Se nós, como empresa formos bem-sucedidos, nosso objetivo é crescer no Brasil inteiro e aqui também. HOje, montamos o sapato aqui com peças da Bahia. Queremos continuar fazendo isso, eventualmente fazer sapatos com todas as peças fabricadas aqui, não recebendo mais nada da Bahia. O que também depende da evolução dos negócios, da economia e do mercado”, explicou Pedro Grendene Bartelle.

Diálogo com empresários

Desde que assumiu o comando do estado, o governador Belivaldo Chagas tem procurado estabelecer uma relação positiva e transparente com as empresas que se instalaram em Sergipe, bem como com as que demonstram interesse em investir no estado. E no final de 2018, dois exemplos práticos desse diálogo aberto comprovam essa relação. Entre os meses de novembro e dezembro, dois grupos anunciaram ampliação dos investimentos em Sergipe, o que resulta numa maior arrecadação e mais geração de emprego.

O diretor presidente do grupo paulista Vidroporto Embalagens, Edson Luís Rossi, por exemplo,confirmou ao governador Belivaldo Chagas, que a partir deste ano colocará em operação a Indústria de Vidros Nordeste (IVN). Instalada em Estância, a Indústria de Vidros Nordeste, quando inaugurada praticamente não entrou em funcionamento. Com a retomada do empreendimento pelo novo grupo empresarial que adquiriu suas instalações e maquinários, a indústria vai gerar 200 empregos diretos. Com mão de obra sergipana, a produção estimada é de que a fábrica produza 55 mil toneladas de embalagens de vidro por ano.

Já o Grupo Duratex informou, também no final de 2018, a ampliação da produção em Aracaju, onde já emprega mil trabalhadores. Desta forma, foram geradas 150 novas vagas e a expectativa, até o momento do anúncio, era de ampliação dessas vagas.

Participaram da reunião Alessandro Antich (gerente geral da Regional Sergipe); Flávio Bento (diretor Industrial do Grupo Vulcabras/Azaleia); os consultores Jesuseli Ribeiro Araujo e Ivandro Mendes de Oliveira; além do secretário Geral de Governo, José Carlos Felizola; o secretário do Desenvolvimento Econômico, José Augusto Pereira; o diretor-presidente da Codise, José Matos Lima Filho e o procurador-geral do Estado, Vinicius Oliveira.

mat 24

Fotos e Textos: ASN

Na manhã da última terça-feira (15), o Procurador-geral do Estado, Vinícius Thiago de Oliveira, participou da cerimonia de posse do novo secretário de Estado da Transparência e Controle, o advogado Alexandre Brito de Figueiredo.

Na posse o governador Belivaldo Chagas, em seu discurso, enfatizou que a Pasta tem papel importante na gestão, já que abrange a Ouvidoria e receberá as demandas da população. Para acompanhar esse trabalho, ele afirmou que cobrará relatórios mensais do órgão.

“Na minha visão, governar com transparência é governar com todos e para todos. Por isso, fiz questão de fortalecer a Controladoria Geral do Estado transformando-a em Secretaria de Estado da Transparência e Controle para que pudéssemos dar sequência ao trabalho exitoso realizado por Eliziário Sobral e toda equipe. Vou exigir relatórios mensais para que eu tenha conhecimento de tudo que passa pela Ouvidoria Geral do Estado. Quero fazer da Ouvidoria Geral do Estado um elo entre o povo e a gestão”, afirmou.

O governador ainda afirmou que o novo secretário reúne competência técnica e experiência para desenvolver um excelente trabalho à frente da Pasta. “A Secretaria é técnica e tenho a certeza que Alexandre fará um grande trabalho. A palavra de ordem é trabalhar, trabalhar e trabalhar, com toda a transparência que é preciso que tenhamos. Trabalhar mostrando todos os passos que estamos dando no governo do Estado”, disse.

Já Alexandre Brito de Figueiredo falou sobre o desafio de gerir as contas públicas. “É mais um novo desafio que o governador Belivaldo nos proporciona. É minha segunda experiência na administração pública. A primeira foi como secretário da controladoria geral de Aracaju, onde elevamos a nota do Portal da Transparência de 7.9 para 9.3. Além disso, implementamos o call-center na Ouvidoria. Nosso objetivo é fazer com que a população saiba onde está sendo gasto o seu dinheiro”, frisou.

Transparência

mat 2Para o Procurador-Geral do Estado, Vinicius Thiago Soares de Oliveira, transparência é a palavra de ordem e deve ser o carro-chefe de todo o governo. “É expor suas contas, é controlar bem os gastos públicos, é o combate irrestrito à corrupção. Nessa linha, a mudança de Controladoria para Secretaria fortalece as rotinas de controle e de prevenção. De certo que a Secretaria vai se alinhar à Procuradoria para fazer esse combate irrestrito. Com transparência, tudo fica mais claro e fácil de resolver. É isso que se espera do governo e Alexandre vem cumprir essa missão”, ressaltou.

A posse aconteceu no auditório da Adema e foi acompanhada por secretários de Estado e funcionários do órgão; o deputado estadual Garibalde Mendonça; vereador de Aracaju, Bigode; o ex-governador Jackson Barreto e o ex-secretário Benedito Figueiredo.

Histórico

115a2c906b35a17fe208b29999dcf7edAlexandre Figueiredo é graduado em Ciências Jurídicas pelas Faculdades Integradas Tiradentes. É especializado em Direito Eleitoral e atua como advogado desde 1999. Foi assessor jurídico do MDB estadual, presidente do MDB de Poço Verde e vice-presidente estadual da Fundação Ulysses Guimarães. Já atuou também em diversas prefeituras e deixou a Controladoria-Geral do Município de Aracaju para assumir a Secretaria de Transparência e Controle.

Informações da ASN e PGE

Fotos: ASN

Na manhã desta sexta-feira, 21, aconteceu na sede da Procuradoria-geral do Estado a solenidade de descerramento de foto na galeria de ex-procuradores. Na galeria estão todos os procuradores-gerais que passaram pela PGE.

Na oportunidade o homenageado que teve sua foto colocada na galeria foi o atual procurador-chefe do via previdênciária da PGE, Márcio Leite de Resende, que junto de alguns servidores e procuradores, além da Procuradora-geral, Maria Aparecida Gama e do Sub-procurador, Vinicius Thiago, celebraram a ocasião.

Durante a realização do evento, Maria Aparecida Gama, falou da importância que o ato de colocação da foto na galeria tem para a história da PGE. “Além de ser uma lembrança que está, nessa galeria, eternizada, aqui também simboliza o marco de brilhantes profissionais que contribuíram com o trabalho da PGE”, ressaltou.

Já o homenageado, Márcio Leite de Resende, contou em seu discurso sobre a satisfação em ter sua foto colocada na galeria, bem como sobre o serviço prestado dos anos 2007 a 2015 ao estado, por meio da PGE. “O trabalho prestado ao estado de Sergipe eu não atribuo somente a mim, mas a uma grande equipe que somou-se com o intuito de contribuir com muito trabalho. Essa grata homenagem que recebo hoje, eu divido tom toda essa equipe”, falou.

Nesta quarta-feira, 19, foi realizado no auditório da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) a confraternização de final de ano com todos os servidores do órgão.

Na oportunidade foi oferecido um café da manhã e celebrada uma breve benção pelo padre Marcelo Conceição, que se encerrou com abraços dos servidores.

Durante o evento a Procuradora-Geral, Maria Aparecida Gama, falou sobre a satisfação em estar presente em mais suma confraternização junto com os todos os colaboradores da PGE. “Fico emocionada em fazer parte dessa grande família que é a Procuradoria-Geral, sinto-me lisonjeada em ter passado esse tempo com pessoas tão solícitas”, afirmou.

Ainda na manhã de ontem, os servidores puderam desfrutar de um concerto apresentado pelo Grupo de Flautas Casinha de Jesus, de crianças do bairro Santa Maria, zona sul de Aracaju.