07/10/2014, 21:39

Juíza Iolanda Guimarães toma posse como Desembargadora do TJ/SE


A juíza de Direito, Iolanda Santos Guimarães, titular da 21ª Vara Cível da Comarca de Aracaju, tomou posse como desembargadora do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) no final da tarde da última segunda-feira, 09, no auditório do Palácio da Justiça, no Centro de Aracaju. A Magistrada foi escolhida por critério de merecimento e ocupa a vaga deixada pela desembargadora Geni Silveira Schuster, que se aposentou em janeiro deste ano.

O evento foi realizado no auditório José Rollemberg Leite do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe (TJSE) em solenidade prestigiada. Dra. Iolanda Guimarães foi empossada pelo presidente do TJSE, Cláudio Dinart Déda Chagas e, logo depois, recebeu a concessão do Colar do Mérito Judiciário, um reconhecimento aos relevantes serviços prestados.

Na oportunidade, o procurador-geral do Estado de Sergipe, Márcio Leite de Rezende representou o governador Jackson Barreto. Para o Procurador-Geral: “A doutora Iolanda Guimarães é uma juíza dedicada, serena, que tem uma inserção social muito boa, enfim, plenamente qualificada. Para o Poder Executivo é uma tranquilidade ver o Tribunal recebendo uma juíza com esse preparo intelectual e pessoal. É um grande reforço”, enfatizou.

Depois de ocupar a cátedra no tribunal pleno, a nova desembargadora, Iolanda Guimarães, ouviu o desembargador Ruy Pinheiro: “É uma alegria fazer essa saudação. O Colegiado a recebe de braços abertos porque ela preenche todos requisitos necessários para alçar esse cargo. Hoje, homenageio-a de acordo com suas qualidades pessoais, mãe de família, pessoa que sempre distribuiu Justiça com equidade”, falou.

Em seguida, o Procurador e Ouvidor do Ministério Público de Sergipe, José Carlos de Oliveira, fez um discurso poético, falou sobre a predestinação e o talento da Juíza de carreira. “O dia de hoje é uma data muito especial em sua vida. Fico imaginando quantas emoções passaram pela sua cabeça, mas ninguém conseguiria tirar algo que sempre lhe pertenceu”, concluiu.

Representando a Amase o presidente, Gustavo Adolfo Plech, elogiou a atuação e a competência da Desembargadora e destacou as qualidades dela. Já o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Sergipe, Carlos Augusto Nascimento homenageou a recém-empossada falando sobre o papel da conquista da mulher na Justiça e na sociedade brasileira.

Em seu discurso dra. Iolanda Guimarães agradeceu a escolha de seu nome citando o filósofo Platão: “A Justiça é um bem mais valioso que barras de ouro”. Continuou dizendo que: “A Justiça procura zelar pela paz social. A consciência de cada juiz terá sempre que reservar um espaço para a percepção dos fenômenos sociais”, ressaltou, acrescentando que assume o cargo de Desembargadora com os mesmos sentimentos da juíza iniciante, “sentimentos agora amadurecidos pela experiência, revigorados pela convicção formada ao longo da minha carreira”.

A solenidade foi encerrada com o Hino de Sergipe, cantado pelo coral do Ministério Público de Sergipe.

Veja a cobertura fotográfica completa!