08/02/2020, 12:21

PGE visita AGU para iniciar colaboração no desenvolvimento de sistema


Na última quarta e quinta, 05 e 06 de fevereiro, o Sub-Procurador em exercício, Carlos Henrique Ferraz e o Coordenador de Tecnologia da informação da Procuradoria-Geral do Estado, Alexandre Dielle, realizaram a 1ª Visita Técnica da PGE/SE à sede da Advocacia Geral da União (AGU) em Brasília, para participar da apresentação detalhada das funcionalidades do do Sistema Único de Procuradorias Públicas (do SUPP).

O SUPP é um novo software de gestão que poderá ser utilizado por Procuradorias de todo país, das estaduais as municipais e deverá modernizar a atuação e a celeridade dos trabalhos diários realizados pelos servidores destes órgãos.

A visita que funcionu como um seminário de exposição do Supp, foi apresentado pelo Procurador Federal, EDUARDO LANG, que explicou as funcionalidades iniciais, além da finalidade da implantação do sistema.

De acordo com o Sub-Procurador em exercício, Carlos Henrique Ferraz, a implantação do SUPP na PGE-SE, não terá custos e será um passo a mais para modernização tecnológica da atividade fim dos procuradores. “Nossa visita foi para entender o funcionamento do sistema para começar a pensar em como contribuir com o desenvolvimento dele. Além disso nos comprometemos em indicar servidores especialistas em Tecnologia de Informação para continuar aperfeiçoando o sistema, por trinta dias na sede da AGU”, afirmou.


Para o Coordenador de TI da PGE-SE, Alexandre Dielle, a disponibilização de profissionais de TI da PGE/SE na AGU, será um ótimo passo para que consigamos desenvolver e auxiliar no projeto fim do SuPP. “Colaborar com o desenvolvimento de um projeto grandioso como esses de perto é desafiador, e esses trinta dias na AGU, vai nos treinar a lidar com o código fonte do sistema, além de possibilitar um minucioso treinamento a equipe técnica de desenvolvimento de sistemas, o que resultará no o uso adequado do SUPP”, salientou.


O principal objetivo da AGU ao disponibilizar o Supp às PGEs é construir, no futuro, uma grande comunidade de desenvolvimento do sistema.